O que são "Cidades Inteligentes"?





Muitas vezes intitulada como futuro da vida urbana, as "Cidades Inteligentes" ou "Smart Cities" são aquelas que utilizam de determinados recursos para melhorar a qualidade de vida dos moradores. O conceito de inteligente, se dá por conta das estratégias ligadas a utilização desses recursos, como energia, materiais, planejamento e etc. Um exemplo da utilização destes recursos, são a existência de sensores em postes de iluminação para medir a qualidade do ar ou otimizar o gasto em eletricidade, instalação de painéis fotovoltaicos em semáforos ou sinais de trânsito, monitoramento digital dos contêineres para melhorar a coleta de resíduos, medidores inteligentes de água e luz e tudo que esteja relacionado ao bem estar dos cidadãos que compõem a cidade, sempre aproveitando de forma sustentável as novas tecnologias.

Segundo a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) até 2050 a população mundial chegará a 9 bilhões de habitantes, dos quais 70% morarão em centros urbanos.


Saiba quais são as cidades inteligentes de acordo com o Smart City Index, elaborado em 2017, baseado em segurança, mobilidade, saúde e produtividade.



- Cingapura: No topo da lista, temos Cingapura que está bem a frente do tempo, algumas das soluções implantadas foram: controle de tráfego que permite que os motoristas economizem até 60 horas por ano, táxis sem motorista, videovigilância inteligente que detecta atividade criminosa e o programa "Smart Health TeleRehab", onde todos os habitantes da terceira idade possuem dispositivos que podem ser utilizados para realizar consultas médicas a qualquer hora.


- Londres: Esta por sua vez, adotou um modelo de sensores de peso nas ruas de Westminster, que por meio de aplicativo emite um alerta aos motoristas, avisando a disponibilidade de vagas de estacionamento.


- Nova York: Famosa por suas avenidas e cultura, a cidade também conta com sensores em semáforos e ônibus com o objetivo de descongestionar as ruas.


- São Francisco: Sabe aquela famosa ponte, que vemos em filmes, calendários e até alguns jogos? Pois é, infelizmente o maior problema dela, é a mobilidade e justamente por isso, a cidade apostou em transporte público elétrico autônomo como forma de reduzir o tráfego e a poluição.


- Chicago: Mais de 500 sensores tornam essa região inteligente, eles podem ser encontrados em semáforos, iluminação pública e equipamentos de lixo, todos conectados a internet.


Posts Em Destaque